B E T A

Sem categoria

4 coisas ocasionais

Captura de Tela 2018-11-03 às 12.28.18

Essa imagem me despertou muito interesse, por razões explícitas, artísticas e descomplicadas. Via witchyfeelings

Captura de Tela 2018-11-03 às 12.27.01

Frase pra guardar, da amiga Paula Daibert, caligrafia minha.

Captura de Tela 2018-11-03 às 12.29.24

Escrever – ser escritora – é algo que trago comigo desde uma época onde eu passava horas trancada no quarto em Campo Belo, lendo toneladas de assuntos diversos e escrevendo páginas intermináveis de um diário adolescente. Acho que, veio daí, minha habilidade para contar histórias.
Muitos anos se passaram, me formei em Comunicação, trabalhei num bocado de coisas e, ser escritora, era algo um tanto distante, esquecido nas gavetas da alma.
Esse livro da foto é o Brandbook da L’appartement, o qual eu tive a honra de escrever (e trabalhar na concepção toda do projeto). Sonhos se realizam!  (Imagem Maria Frois)

Captura de Tela 2018-11-03 às 12.38.00

Porque eu adoro a mensagem crua, o traço fino e preciso dessa ilustração. Via Alessandra Olanov.

Histórias

DOMINGO INTERMINÁVEL

 

5

Cântico VI

Tu tens um medo de
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.      (Cecília Meirelles)

“Bom dia! Passando pra te lembrar de ir comer esfirra na feira, pegar um sol, alongar e aguar as plantas”
(mais…)