Histórias

DOMINGO INTERMINÁVEL

 

5

Cântico VI

Tu tens um medo de
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.      (Cecília Meirelles)

“Bom dia! Passando pra te lembrar de ir comer esfirra na feira, pegar um sol, alongar e aguar as plantas”
(mais…)