Beta Stories

Browsing Category:

Histórias

Histórias

PRAZER, ROBERTA. SOBRE MEUS INÚMEROS APELIDOS

Eu nunca parei pra pensar friamente no meu nome. Vocês já? Não me vejo falando noooosa, como eu amo meu nome, mas quando me deparo com uma grosseria em forma de nome, me lembro do meu normalzinho e fico bem feliz!
Minha mãe sempre diz que escolheu meu nome porque na época (long time ago…) a música italiana ROBERTA, PERDONA ME RITORNA ANCO’ VICINO A ME estava bombando nas paradas de sucesso e ela toda apaixonada, acabou se deixando levar pelas ondas do rádio.
Mas enfim, Roberta é um nome forte (eu acho) e como tal, dá margem para um monte de apelidos. E eu, claro, a pessoa mais propícia para isso: A mais bem humorada da turma. (só que não, risos!)
Dos milhares de apelidos que já me chamaram e ainda me chamam, aqui temos alguns:
*Beta = Tipo óbvio. Todo mundo que faz uma ligação direta com o nome.
* Rô = Metade das pessoas que eu conheço me chama assim.
* Ró = A outra metade assim.
* Robertinha = Quandro entrei na Faculdade virei Robertinha na primeira semana.
*Roró = Coisa de adolescente…  Meus amigos juram que esse belo nome não veio de horrorosa, vai saber! Tenho uns 4 ou 5 amigos dessa época que ainda me chamam assim mas como eu gosto muito deles, superei o trauma.
*Lulu = Coisa de mãe. Vai entender…
*Bebeta = A Tia Gracinha me chama assim. Pelo menos chamava, agora que eu cresci – risos- não tenho percebido…
*Ti Beta = A Maria Eduarda, minha sobrinha.
*Bolacha = Em referência as minhas bochechas. O Tio Maurício podia tudo.
* Maitê Proença da Vó = Juro, isso é sério. Minha Vó Madalena soltava a pérola sempre que me via e num timbre capaz de fazer a Praça Menotti D`aurea inteira ouvir.
*Stubs = A Fernanda minha prima me chama assim e eu não faço a menor idéia de onde veio…
*Robs = Lili ficou sabendo que morei em Londres e achou adequado me renomear.
*Betinha = Tão meigo, só podia sair da boca da Isa…
*Roberrrrrrrta = Meu irmão que faz questão de valorizar o sotaque regional no meu nome.
*Amiguinha!!!!!!! = Algumas amiguinhas empolgadas.
*………….. = Pra quem ficou curiosa, o Rê me chama da seguinte forma:
Roberta, para as horas de muita braveza.
Beta, para conversas corriqueiras do dia a dia.
Linda, quando ele se lembra que me ama e não pode viver sem mim! (fofo)
Gostaram? Nunca vi uma pessoa com tantos apelidos quanto eu, mas confesso: gosto de todos! Qual é o seu apelido?

Histórias

COMO É DIFÍCIL LIDAR COM PESSOAS…

     Outro dia fiz um grande desabafo sobre como é difícil manter-se firme diante de uma situação. Não estava falando de ser inflexível, mas de nos atermos aos nossos princípios e regimentos. Essa semana o tema é outro. Acho que estou tremendo de nervoso até agora com o que nos aconteceu.

(mais…)

Histórias

QUERO TRABALHAR COM MODA, E AGORA?

E agora, se você realmente quiser trabalhar com moda, pode arregaçar as mangas! Não que trabalhar com moda seja mais pesado do que outras áreas, não é nada disso, mas o glamour em torno da profissão é, sem dúvida, bem maior do que, por exemplo Engenharia Civil (e o salário menor, já aviso!). Ao longo desses quase 3 anos envolvida, até a alma, nesse mundo, digo que já vi muita coisa, ouvi muita coisa e, sem dúvida, aprendi muita coisa. Não sou formada em Moda, fiz alguns cursos livres mas, com certeza, minhas maiores e melhores experiências vem do meu dia a dia. É uma rotina louca, temos que lidar com profissionais de todos os tipos, com clientes, com as oscilações do mercado, com funcionários, sócios, fornecedores…

(mais…)

Histórias

PRECISO DE UMA CONVERSA COM O MEU CLIENTE

clientes_betastories

Bom, segundo post do blog e já temos aqui um impasse. Um tema que me leva a pensar, refletir, leva o meu senso de justiça ao limite, me deixa confusa, enfim, quase maluca é a relação cliente/empresa. Gente, como isso é tenso… E não importa qual é o seu ramo de atuação, você sempre terá clientes.

Mas então, eles sempre têm razão? A pergunta que eu nunca consegui responder…

Eu, sinceramente, não sei, na maioria das vezes estou do lado de dentro do balcão, mas muitas vezes estou consumindo e, por viver os dois mundos, estou sempre refletindo.
Nossa empresa ainda é um bebê e tenho nítidas sensações que os nossos clientes (salvo ótimas excessões, claro) fazem o que querem com a gente justamente porque somos uma empresa pequena. Fico nervosa demais, angustiada e acho uma injustiça sem tamanho. Sei que devo respeitar os direitos dos clientes mas também devo ser fiel aos princípios que regem a minha empresa. Se abro mão das normas da empresa pra agradar um único cliente, não estou sendo honesta com os outros clientes e, tampouco, com a empresa, mas se não o faço, perco o cliente.

(mais…)

Histórias

SEJAM BEM VINDAS AO FASHION FITNESS AND OTHERS – O INÍCIO DE TODAS AS HISTÓRIAS

betastories1

 Finalmente consegui tirar do papel esse projeto!

Para que saibam um pouquinho do porque de tudo isso, eu vou explicar: Há tempos estou planejando escrever algo que fosse relevante tanto pra mim quanto para as outras pessoas. Nada me vinha a cabeça a não ser relatar e dividir um pouco das minhas próprias histórias. Depois de anos indecisos, resolvi assumir minha paixão pela escrita e pelas histórias e encarei a situação de frente, isso eu vou contando aos pouquinhos… Outros assuntos que eu vou falar aqui são sobre questões que ainda não consegui encarar de frente: tipo as atividades físicas!!

Então é isso. A vontade de escrever sobre fashion e fitness veio porque eu amo fashion e não gosto de fitness. Resolvi reunir esses dois temas tão antagônicos na minha vida e colocá-los bem pertinhos para ver se consigo fazê-los caminharem juntos como um bom motivo de um começo.

(mais…)