NORUEGA: DESPEDIDA E IMPRESSÕES – POR TATI FELÍCIO

By

noruega_betastories1-1-768x576

Olá amigos leitores,

Hoje a nossa série sobre a Noruega chega ao número 10 e na semana que vem já estarei de volta ao Brasil. Acho que esse será nosso último post da série. Talvez quando chegar ao Brasil, eu faça um último, vou conversar com a Beta sobre isso. De qualquer forma, quero colocar aqui, hoje, mais umas curiosidades sobre esse país que eu nunca imaginei conhecer e que me encantou.

– Nas cidades menores não existe sinal de trânsito, só faixa de pedestre. Os carros param imediatamente para você atravessar a rua. Ninguém buzina, NUNCA ouvi nenhuma buzininha sequer nesses 3 meses aqui. Nas cidades que tem sinal de trânsito, como Oslo e Bergen, as pessoas não atravessam as ruas se o sinal estiver fechado pra elas, mesmo se não estiver vindo nenhum carro. Elas esperam o sinal abrir pra só depois atravessar. Eu e meu namorado, brasileiros, atravessamos a rua no sinal fechado pra pedestre porque não tinha nenhum carro vindo e todo mundo ficou olhando pra gente como fôssemos fora da lei (e fomos, né?). Coisas de maus hábitos brasileiros hehe. Fiquei morrendo de vergonha!

noruega_betastories2

– As estradas são incrivelmente limpas e sem nenhum buraco, o asfalto é impecável. Porém, são muito estreitas. Não entendo como a Noruega, um país super desenvolvido, eleito o melhor IDH do mundo por diversas vezes consecutivas, pode ter estradinhas tão estreitas de mão dupla. Em algumas estradas, nem cabem dois carros ao mesmo tempo, e um tem que encostar para o outro passar. Ah, e quase nunca tem acostamento. Mesmo sendo assim, o índice de acidentes aqui é mínimo. Um dos países com menor índice de acidentes do mundo. Será que porque os motoristas respeitam rigorosamente as leis de trânsito? Ahh, outra coisa, aqui na Noruega é obrigatório o uso de faróis o tempo todo. E todos usam normalmente. Gente, qual o problema em ligar os faróis, se é pra ter mais segurança? Não sei por que tanta gente no Brasil anda reclamando disso, aff…

noruega_betastories3

– Como já contei pra vocês em outro post, o preço dos serviços aqui na Noruega são absurdamente caros. Tanto que qualquer coisa que estrague, as pessoas preferem jogar fora e comprar novo a consertar, mesmo que seja um consertinho simples. Taxi, um transporte que eu usava freqüentemente no Rio, esquece! Aqui se você precisar de taxi pra te levar no aeroporto não rola. Sai mais barato deixar o carro por vários dias no estacionamento (que já é caro) do que pedir um taxi. Perguntamos para as pessoas aqui como fazem e elas disseram que taxi nunca, que quando vão viajar de avião, pedem pra alguém da família levar ou alugam um carro até o aeroporto ou pagam diárias de estacionamento mesmo.

noruega_betastories4

– Uma coisa que acho ruim é que não vende bebidas alcoólicas (vinho rs) nos supermercados, só algumas cervejas com taxa de álcool inferior a 4,7%.  Os produtos alcoólicos são super taxados, pelo bem da nação, para limitar o consumo do álcool. E a preocupação social não para nas taxas: os supermercados só são autorizados a vender produtos para maiores de 18 anos, e com limite de horário! Em dias de semana, das 9h às 20h e em fins de semana (leia-se, sábado) das 10h às 18h. Se você tiver entrado no mercado a tempo, mas não tiver passado a sua cervejinha no caixa, vai ficar pra próxima. Quanto às outras bebidas, são vendidas num lugar chamado Vinmonopolet (monopólio do vinho) que é o único estabelecimento autorizado a vender bebidas acima de 4,7% (além de bares e restaurantes, claro). E eles só abrem das 10h às 17h de segunda a sexta e até as 15h nos sábados.

noruega_betastories5

– Amo todas as casas da Noruega, todas sem exceção. Não tem casa feia aqui, mesmo as mais simples são super fofinhas. Todas as pessoas enfeitam suas janelas, cada uma de um jeito, seja com flores, bonecos, vasinhos.  As entradas também sempre são enfeitadas, tudo muito bem cuidado e limpo. Os jardins, as flores… tudo lindo. Parece que cada casa aqui tem uma história pra contar. Outra coisa interessante é que as casas com crianças sempre têm pula-pula nos jardins.

Então por hoje é isso gente, já vou arrumar minhas malas e me despedir de vocês agradecendo a cada um que esteve por aqui me acompanhando nessa jornada. Nesses 3 meses vivi uma incrível experiência de vida e vou levar isso comigo pra sempre. Aprendi muita coisa e, principalmente, a dar mais valor as coisas simples da vida.

noruega_betastories6

Obrigada, Beta, por me convidar a compartilhar essa experiência no seu blog! Vou continuar te acompanhando aqui!

Um beijo e um abraço em cada um de vocês e até mais!

Tati Felicio

PS.: Ah não acredito, que bom ter a Tati de volta ao Brasil, que pena não termos mais as notícias da Noruega toda segunda-feira. Foi ótimo!

PS.: O início da nossa série foi este post aqui.

PS.: Para encerrar a série com chave de ouro, encontrei um post aqui no blog onde a Tati roubou a cena, uma verdadeira pérola, vale a pena ler pra despedir e dar boas risadas!

Tags:


,

julho 25, 2016 11:57 am

Comentários

1

Você também pode gostar....

Comentários

1

Posts que você pode gostar