Beta Stories

Sem categoria

Ele chegou!

Depois de um começo um tanto quanto doloroso, resolvi que se quisesse realmente chegar a algum lugar (literalmente) eu tinha que fazer investimentos. Todos os tenis que tenho e tive na vida eram muito mais de pegada fashion do que fitness e depois de fazer 1 horinha de caminhada e passar a semana toda com dores até no fio de cabelo resolvi que não dava mais.
E aqui está o meu baby que acabou de chegar e está todo quentinho dentro da caixa, dá até dó de tirá-lo (olha a desculpa aí kkkk)!! Agora vocês podem me perguntar: Beta, porque você escolheu esse modelo? Não sei. Ele é bom pra correr ou pra malhar na academia? Também não faço a menor idéia. Então porque você escolheu esse modelo? Não fui eu, eu só vi quando chegou, o Rê fez tudo. (#fofo)
O que eu sei é que foi comprado pela internet e demorou só 2 dias pra chegar. E veio o meu tamanho certinho. Nenhum problema. ( Se quiserem posso indicar depois).
Agora o resto é comigo!!!

Sem categoria

Deal or No Deal

     Quem trabalha diretamente com o público talvez já tenha vivido ou presenciado cenas “digamos” engraçadas. Fala-se muito do atendimento em lojas, de como uma vendedora deve ou não agir, se comportar, se mover. Realmente o relacionamento clienteXvendedor é muito complicado.
     Não sou doutora no assunto mas me identifico com o tema. Sou consumidora exigente e também sou vendedora. (Abre parêntese gigante: Muita gente tem verdadeiro horror só de ouvir ou pronunciar a palavra, acha que desvaloriza, que não tem nenhum glamour, ou sei lá o que. Eu bem poderia dizer que trabalho na área comercial da empresa, ou que estou representando a marca X, ou que sou responsável pelo relacionamento com os clientes…. etc, etc. Mas não gosto disso. Eu sou vendedora por formação, afinal, se não vender, o que fazem os publicitários? Fecha parêntesi gigante)
     Por viver a realidade desses dois mundos posso falar com conhecimento de causa que é muito fácil julgar, difícil é assumir o lugar do outro.
     A vendedora tem que ser quase mágica, ter um sorriso simpático grudado no rosto, se mover com delicadeza porque qualquer gesto brusco pode assustar (e antipatizar) o cliente. A vendedora mulher não sofre de TPM (ser evoluído), não expressa opinião e não tem dias difíceis.
    O cliente por sua vez, também não pode entrar só pra dar uma olhadinha, se sabe que já estorou o limite do cartão, melhor nem se tentar. Se achou caro, não precisa desvalorizar o produto na cara do vendedor, se está com pressa, não precisa folhear a arara com desdém. Se foi recepcionado, gentileza responder.
    Existem vendedoras, ótimas vendedoras e outras nem tanto. Existem empresas com suas políticas específicas (lembrando que quase sempre as vendedoras são treinadas). E existem clientes!
     Eu amo comprar, adoro ser bem atendida, faço questão de agradecer um bom atendimento e se não estou em um dia bom, procuro não descontar no vendedor.
     Eu também adoro vender, é uma satisfação enorme ver que alguém gostou do que você ofereceu (seja produto ou serviço). É muito gratificante quando o cliente volta e volta e volta e o relacionamento flui com leveza. Um porque sabe como vai ser recebido e o outro porque já conhece e sabe o que vai oferecer. É legal quando identifico o estilo da cliente e vejo que ela fica feliz com as minhas sugestões. E óbvio, se não estou em um dia bom, procuro não descontar na cliente.
     E nesse cenário cheio de opiniões o melhor é entendermos as partes e celebrarmos o bom senso!
    

Sem categoria

Desculpe, Grazi

     Por ter invadido a sua intimidade dessa forma tão dura, mas é por uma boa causa (a minha causa)!
Em época de SPFW nada mais oportuno do que falar de fitness, certo? Calma pessoal, não estou ficando doida, quero dizer que nada mais fashion do que ter um corpinho com tudo no lugar. Ainda mais quando se tem thirty-something…
     Basta dar um único clique na internet e em menos de meio segundo o google vai te mostrar uma enxurrada de reportagens sobre a nossa mais famosa semana de moda (que eu também estou acompanhando, óbvio!). Mas foi bem nesse segundo que eu parei pra pensar.

                          (fonte:google)

     Ter saúde (e um corpão saudável) também está na moda. Grazi e Sabrina estão aí pra nos mostrar isso o tempo todo. O mesmo digo pra nossa pele, em tempos onde as paletas de sombras e os vidrinhos de esmalte vão dominar o mundo, a gente deve dedicar um minutinho a cuidar também do que está por baixo (momento de auto-análise). Como o projeto aqui é pessoal, fui tomada por uma onda de terror quando me lembrei do objetivo do ffo. Diante disso me vi obrigada a postar essas doces fotos pra me fazer lembrar do muito que ainda tenho que conquistar. Faço questão de ficar olhando todos os dias pra elas pra ver se me comovo (motivo) de alguma forma… Realmente espero que essa estratégia dê certo!

                     

             (fonte:google)
     Espero ter notícias sobre essa novela very soon! E que venha o verão 2012! #medo.
                                         

Lifestyle

VISITA AO JECA TATU

 

Reprodução: Beta, o que você quer fazer no dia dos namorados? Quero conhecer o Jeca Tatu! kkkkkkkkk (muita gargalhada do outro lado), mas o que é isso? Você não acha que a gente podia fazer algum programa mais romântico? (sem nem saber o que era o tal Jeca Tatu…)

(mais…)

Estilo

LOOK DO DIA: TODAS AS CORES DO MUNDO

Quem me conhece pessoalmente pode até ter dificuldade em me reconhecer nesse look do dia e, eu confesso, que também quase não me vi aqui, ou, melhor dizendo, aonde eu estava com a cabeça? Mas a manhã de hoje me fez tirar todas as cores que eu tinha no armário e vesti-las de uma só vez. Ontem foi um dia difícil, o que me fez acordar querendo fazer diferente: Por isso tantos elementos inusitados e contraditórios (pelo menos pra mim…). Eu amo esse vestidinho mexicano mas não costumo usá-lo em dias frios e muito menos com scarpin. Gente, esse sapato não é pra mim, me senti andando com pés de pato…

(mais…)

Histórias

COMO É DIFÍCIL LIDAR COM PESSOAS…

     Outro dia fiz um grande desabafo sobre como é difícil manter-se firme diante de uma situação. Não estava falando de ser inflexível, mas de nos atermos aos nossos princípios e regimentos. Essa semana o tema é outro. Acho que estou tremendo de nervoso até agora com o que nos aconteceu.

(mais…)

Histórias

QUERO TRABALHAR COM MODA, E AGORA?

E agora, se você realmente quiser trabalhar com moda, pode arregaçar as mangas! Não que trabalhar com moda seja mais pesado do que outras áreas, não é nada disso, mas o glamour em torno da profissão é, sem dúvida, bem maior do que, por exemplo Engenharia Civil (e o salário menor, já aviso!). Ao longo desses quase 3 anos envolvida, até a alma, nesse mundo, digo que já vi muita coisa, ouvi muita coisa e, sem dúvida, aprendi muita coisa. Não sou formada em Moda, fiz alguns cursos livres mas, com certeza, minhas maiores e melhores experiências vem do meu dia a dia. É uma rotina louca, temos que lidar com profissionais de todos os tipos, com clientes, com as oscilações do mercado, com funcionários, sócios, fornecedores…

(mais…)

Lifestyle

O COMEÇO DAS ATIVIDADES FÍSICAS POR AQUI

Depois de divulgar a minha dificuldade em encarar as atividades físicas como uma coisa comum e necessária, recebi vários conselhos e sugestões de várias pessoas e a maioria delas me disse pra escolher alguma coisa que eu gostasse. E tentar fazer a atividade que me desse mais prazer.  Mas, no último domingo, eu resolvi buscar esse objetivo.

(mais…)