B E T A

Browsing Category:

Sem categoria

Sem categoria

O glamour da profissão

Pra quem acha que o mundo da moda se resume em ficar horas na internet blogueando, pesquisando, criando… Eu digo que não! O business é punk no sentido mais literal da palavra. É necessário amar muito a profissão pra segurar o tranco. Me desculpem o desabafo mas hoje foi sem dúvida um dos dias mais difíceis que já enfrentamos. Esse mundinho é muito cheio de ego, vaidades, falsas celebridades e lidar com a inveja alheia é algo um tanto quanto complicado.             

O cansaço faz parte, varrer o chão faz parte, inventar moda também faz parte mas o que não vale aqui é cuidar da vida do outro. Me deixa!

Sem categoria

Fui e adorei!

Não minha gente, eu não peguei a ponte aérea BH-ENGLAND e não fui parar no Glastonbury Festival (mesmo porque esse ano nem tem, né?) mas tirei essa foto inspiradora aqui mesmo na nossa terrinha e foi no Savassi Festival. Confesso que eu nem estava muito animada pra ir, mas não tive muita chance de me manifestar e também confesso que foi melhor assim. O que acontece é que muitas vezes temos idéias pré-concebidas sobre alguma coisa e criamos uma resistência que é só nossa. Eu adoro coisinhas, lugares, people alternativinhos, sempre gostei (sou publicitária, alguém sabia?) mas de repente me vejo com preguiça de algumas coisas. E nesse domingo que fui praticamente arrastada eu me diverti horrores. Sério, que evento bacana, que estrutura (fiz até xixi), que organização… Não desmerecendo BH mas me senti num evento que fui no Hide Park alguns anos atrás… Eu gostei de verdade, e só me arrependo de não ter chegado mais cedo pra pegar um lugarzinho desses e ficar toda esticadona nessa grama fake!

Deu pra acreditar que foi realmente bom? E o esmalte da semana, gostaram?

Sem categoria

Caí da cama

Esse relógio pequeno fica bem do lado da minha casa grudado numa agência de turismo vizinha. Hoje ele serviu pra mostrar o tamanho da minha força de vontade. Eu tinha um compromisso na academia que fica do outro lado da minha rua!! PARABÉNS PRA MIM! Mas antes de comer o bolo devo dizer que foi só uma avaliação, o pior (ou melhor) ainda está por vir!
Quero dividir o resultado aqui com vocês, vou pedir uma cópia pro cara lá e daí vamos acompanhando as evoluções por aqui. Segunda tem que fazer a ficha e começar a puxar ferro. Não é fácil chegar aos 15 anos anos minha gente….
Wish me luck!

Sem categoria

Flaminguista

Até uns 2 ou 3 anos atrás eu nunca tinha pretsado muito atenção nos Flamingos e nem sequer me lembrava que eles existiam… Negligência pura, admito!
Eu sempre adorei adornos no pescoço, de todos os acessórios que mais gosto, os colares e os de cabelo ganham disparado e foi aí que um dia vi esse bando de flaminguinhos dependurados num cordão e não resisti, levei pra casa. Eu gosto mais de ter esse colar do que de usá-lo realmente, amo a delicadeza e o contraste do prata com o dourado. Algum tempo se passou e eis que me deparo novamente com essa ave maravilhosa de pescoço comprido… Era uma tshirt podríssima, linda, e bem grande no peito dois flamingos formando um coração! Preciso falar que morri 3 vezes??? Flamingos? Coração? Eu? 
Não quis nem saber, fomos todos juntos como uma grande família… E olha que teve gente de olho comprido em cima de mim (ou melhor, dos bichinhos!) durante o dia todo. Já vou logo avisando que não dou, não vendo e posso até emprestar mas com uma dorzinha…

Sem categoria

Sim, eu tenho um moletom.

Aliás, um não, alguns e digo que não os distingo. Fico em casa de preguiça, saio, faço caminhada, monto produções e durmo. Essa semana fez bastante frio aqui em BH e num belo dia quando abri meu guarda-roupas, nada me pareceu mais apropriado do que as minhas meias de lã e o meu moletom preferido.

Pra não correr o riso de ficar parecendo aquelas adolescentes gringas eu usei o vestidinho de verão mais colorido e curtinho e fui trabalhar bem quentinha e feliz. Não passei frio e estava mega confortável!

O bem estar era tanto que eu até animei a fazer umas ondas no cabelão e gostei bastante do resultado!

Sem categoria

Penteado do dia que durou até a noite.

Intacto! E pra quem gosta de inventar, o truque é o seguinte: Deixe pra fazer esse coque num dia que o cabelo não esteja tão limpo, vai ser mais fácil colocar pra cima. Faça um rabo de cavalo na altura que quiser, torça esse rabo (que feio isso!) e vá prendendo aos poucos com grampos. Um pouco de habilidade é bom… No meu caso que tenho a franja curta (graças a um surto psicótico) vale jogar um milhão de spray pra manter todos os fiozinhos no lugar e ainda garantir que o coque dure por hooooooooras a fio.

Ô Dona, cê tá tirando essas fotos é pra revista? Posso tirar uma cocê? kkkkkk!              

Pode!!!

Sem categoria

Como (NÃO) resistir as tentações

Como eu acredito que já deu pra perceber, esse blog nasceu com o intuito de divertir quem passa por aqui e também to help myself. Pretendo relatar aqui todas as aventuras e desventuras cotidianas dentro do (meu) universo fashion e relatar (as até hoje quase inexistentes) incursões no universo fitness. Outro dia estava conversando com a nutricionista mais fofa que eu já conheci na vida, ela é tão doce que aposto que faz rúcula parecer doce de leite… e estava justamente contando pra  ela o que pretendo fazer com meu corpinho antes que seja tarde demais. E antes de ser apedrejada em praça pública vou logo dizendo que cada um com os seus objetivos e os meus são muitos!! Tá, beleza, mas como ser saudável diante de tantas tentações que te cutucam a todo instante?
Hoje a tarde no escritório foi de enlouquecer, a gente tentando concentrar nas planilhas, atendendo clientes e aquele cheiro de bolo sendo preparado adentrando por todas as frestas do recinto. Depois o bolo saiu do forno e juro que tive um impulso de chamar a polícia! Que isso gente, a pessoa que tá fazendo isso merece ser presa! Já somos obrigados a conviver com uma pizzaria quase em frente, um pão de queijo da roça bem debaixo da nossa janela, cafeteria do outro lado da rua, Chocobel a dois passos (prá que isso??), churrasco cheirando a cada segundo… Vade retro… E claro que todas essas opções são só uma amostrinha do que vivenciamos hoje com o cheirinho do bolo de fubá vindo bem devagar para o nosso nariz e fazendo a gente salivar a cada segundo.
 Eis que a gente escuta um toc toc toc na porta e TCHAN! Era exatamente ele, embrulhadinho num papel toalha que tava até suado, morninho. Aí meu deus, eu não posso com isso… Faz com que eu não avance neste bolo… Mas ele veio contadinho, e feito a divisão,  mergulhei sem pensar nessa tentação. Lambi os dedos, deixei meu teclado engordurado e segui com as minhas tarefas.
E eu bem tinha acabado de comer uma maçã na tentativa de achar que meu estômago era idiota. Pobre de mim!   

Pra quem achou que acabou, não não não! Resumo da ópera: A filha tá enrolada até o pescoço no trabalho, a mãe faz a gentileza de vir ajudar e a filha retribui a gentileza com um convite para uma saidinha ( o que significa, cerveja, muitos tiragostos, ressaca no outro dia, confusão mental, cansaço, irritabilidade kkkkkkk! Tudo normal!)

Alguém aí faça o favor de me oferecer uma barrinha de gergelim e um kiwi? Aceito convite pra caminhada também!!!!

Sem categoria

Behind the scenes

Olha isso gente: Que flagra! Que flagra!
As amigas vão visitar a gente no trabalho e a situação logo vira festa, ou melhor, um editorial mais legal do mundo com direito a look de tendências, risadas, poses… Adorei!