Arte

O Auto Retrato – Iluminado e Contrastado – de Inès Longevial

        Impressionada e impactada, essa foi a minha reação quando bati o olho na arte e na pessoa. A francesa Inês Longevial é o espelho, a criatura, a inspiração para a sua própria criação. A forma como ela trabalha o contraste da luz e sombra e a escolha das cores é exatamente Ela.   Soa óbvio mas pra mim isso é incrível, sobretudo quando temos convicções de criar algo para agradar os outros.   Se eu fosse capaz de pintar o meu auto retrato iria focar na minha boca, pintar milhares delas, a minha boca é tão minha que eu teria orgulho em desenhá-la com pincel e tinta.   (via)


O Cotidiano Obscuro e Gracioso da Fotografia de Julie Blackmon

    Eu não consigo parar de olhar para essas fotografias, acho lindo, acho surreal, acho fantástico, acho lúdico, acho estranho, acho tudo e acho um novo detalhe cada vez que olho de novo.   Ao ler uma entrevista com a fotógrafa – Julie Blackmon –  fiquei ainda mais curiosa ao saber que os personagens das fotos, principalmente as crianças, são todos parentes e moram na mesma cidade: Springfield. Em suas próprias palavras, o cenário perfeito, uma cidade genérica americana no meio do nada.           O par de tênis pendurado no fio de eletricidade, acabei de ver!   ( Fotografias via )


As Estampas Destacadas da Marimekko

    A marca finlandesa de estilo de vida Marimekko captou meu olhar desde o primeiro segundo. A combinação fresca e nada óbvia na escolha das cores associada ao contraste de força e delicadeza das estampas, é encantamento certo.   Vale a pena passear pelo canteiro cheio de personalidade da marca, a sessão HOME é um deleite.   (via)  


Interior do Interior

    Foi quando descobri que viajar para o interior era a viagem mais louca que eu poderia fazer, de lá eu nunca mais quis partir.   … Nota1: Foto da sala de espera do meu psicanalista. A sensação que eu tenho quando chego para uma sessão: estou conversando comigo mesma.   Nota 2: Trabalho feito em 2017 para a Exposição Vida Real e Poesia.