Sem categoria

Vermelha é a cor do seu pecado

Captura de Tela 2019-05-16 às 13.52.52

Com certeza, se o pecado tivesse uma cor, ela seria vermelha.

Eu já fui muito ousada em combinar cores, hoje não sou mais, prefiro uma paleta neutra. E prefiro vermelho, que talvez nem cor seja, mas o próprio pecado (rs).

Comecei a colecionar ítens vermelhos há alguns anos e tenho apurado alguns dados, vejam:

Sapato vermelho: pecado narcisista: sou lindo.

Calça vermelha: pecado etimológico, no contexto certo.

Blusa vermelha: pecado original, independente.

Blaser vermelho: pecado profissional, convencido e sedutor.

Lenço vermelho: pecado primário, não insignificante, estratégico no desenlace.

Batom vermelho: pecado corrupto, cheio de intenções veladas.

A junção dos todos os ítens acima de uma só vez: pecado mortal, injusto, fim da linha.

Valentino, renomado estilista italiano, consagrado por suas criações cheias de doçura e pecado, é apaixonado pelo vermelho:

“Nascido numa cidadezinha próxima a Milão e consagrado em Paris, foi em Barcelona que Valentino teve a inspiração que marcaria a sua carreira. Na década de 50, ele era frequentador assíduo da ópera de Barcelona, onde via muitos espetáculos com figurinos vermelhos. Ficou apaixonado pela cor. ” Uma mulher vestida de vermelho está sempre magnífica; ela é, no meio da multidão, a imagem perfeita da heroína, afirmou Valentino em várias ocasiões. Nascia assim o vermelho Valentino, uma cor sanguínea, passional, que se tornou referência de beleza e elegância”

De acordo com a psicologia das cores, “roupas vermelhas são indicadas para aumentar o magnetismo e fortalecer a auto estima. É a cor do desejo.”

Todos os motivos para pecar!

Qual a sua opinião sobre a cor vermelha, gosta? Combina com outras? Sente uma energia diferente quando usa?

……….

PS.: A cor vermelha da imagem é Pantone Hellboy, R:176 G:12  B:12.

2 Comments

  1. Nathalia

    17 de maio de 2019 at 11:37

    Oi Beta,
    Meu nome é Nathália, eu sou a moça meio doida que um dia comentou em uma foto sua no intagram pedindo pra ser sua amiga. Eu tenho desssas coisas, sabe? Eu vejo alguém e alguma coisa estala e já gosto daquela pessoa, como se fosse uma velha amiga, pessoa do bem, que eu fico à vontade. O contrário também acontece, claro, vejo e me dá um arrepiozinho e não quero nem chegar perto, fico desconfortável.
    Mas o que eu queria dizer, Beta, é que eu adoro o que você escreve. Eu leio aos poucos, como quem toma um vinho muito bom, sabe? Leio dois, três posts no máximo, e fico saboreando. Eu adicionei o blog no meu reader pra não perder nada, mas ainda tem uns 7 posts ainda não lidos lá, que eu guardo que é pra não acabar logo.
    Eu acho tão intrigante gente introvertida que gosta de vermelho (sou uma delas). Não é? Vermelho é ousado, se faz presente. E a gente que tem uma tendência a se fechar pra processar as coisas, tá lá, com uma cor que não se esconde. Mas não acho o vermelho tão extrovertido como o rosa. Deve ser por isso que é minha cor preferida.
    Volto em breve!

  2. Beta

    20 de maio de 2019 at 08:47

    Oi, Nathalia, eu me lembro de você, e não te achei nada doida, eu também faço isso! hahaha Muito obrigada pelas palavras tão carinhosas, fico feliz de verdade que goste do meu trabalho!
    Sobre o vermelho, pois é, talvez seja uma tentativa da cor falar por mim quando a introspecção ataca, vai entender…
    Espero vê-la sempre, de vermelho ou do jeito que você quiser!
    Um beijo e ótima semana!

Leave a Reply