Don’t Ask Me Why

 

Artista pra mim sempre foi uma pessoa misteriosa, inacessível, provocativa, que ganhou o título porque, de alguma forma, revolucionou a humanidade. ⠀⠀
Não me pergunte porquê, mas também acho que todos nós somos capazes de revolucionar humanidades. Somos todos artistas, então? Sim, somos, acredito nisso. ⠀

Não me pergunte como isso acontece, mas todos os dias a arte me salva: no cafe-arte, no abraço-arte, no entardecer-arte e em tudo aquilo que me faz mais humana. ⠀

Eu escrevo simplesmente porque é isso ou já estaria internada num hospício. Eu coloco as palavras em molduras para que elas possam seguir adiante e, quem sabe, revolucionar humanidades noutros cantos. Não me pergunte como isso é possível, eu não faço a menor idéia, só sei que é arte.

Fotografia Maria Frois

.

.

Nota: Este foi o primeiro quadro vendido em Florianópolis, coisa boa demais.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *