Poesia

Para Tanto Hoje, Um Dia Bastaria

Hoje eu lavei dois banheiros Hoje eu limpei e organizei o acampamento Hoje eu fiz uma sopa ruim de legumes Hoje eu me perdi na poesia de objetos cotidianos Hoje eu me senti um saco de lixo meio de saco cheio Hoje eu tomei um banho quente com notas de eucalipto Hoje eu fui abrigo para um ser que vive Hoje eu não sabia o que fazer com o hoje Hoje eu senti vontade de não ser um ser sentido Hoje se foi como todos os hojes se vão Humano demasiado   beta maia